Não tenha medo de renegociar seus contratos, recomenda o advogado Emanuel Pessoa, no Resilientes Summit

Especializado em negociações, ele deu orientações para empreendedores na Maratona dos Resilientes, dentro do Resilientes Summit — o maior movimento online e gratuito para reinventar seu negócio e adaptar-se à nova realidade —, da Be Academy

POR TARCISIO ALVES
JORNALISTA E COPYWRITER

O famoso ditado “os boletos não param de chegar” nunca fez tanto sentido quanto nesta quarentena imposta pela pandemia de coronavírus. Os empreendedores que o digam.

Foi para falar sobre esse problema e como resolvê-lo que o CEO da Be Academy, Bruno Pinheiro, convidou Emanuel Pessoa, advogado especializado em negociações, para participar da Maratona dos Resilientes, dentro do Resilientes Summit — o maior movimento online e gratuito para reinventar seu negócio e readaptar-se à nova realidade.

“Anote todas as suas dívidas, todos os seus contratos, e os negocie um por um”, recomendou o advogado. “Quando você fizer essa renegociação, vai ter fôlego de caixa, uma melhoria nas suas obrigações (ao menos, momentaneamente), para que você possa fazer a travessia dessa crise”, disse ele.

“A pandemia de coronavírus é um evento de força maior que impede as pessoas de cumprirem as suas obrigações”, destacou.

Prepare-se para a retomada e renegocie todos os seus contratos

Na avaliação de Pessoa, a tendência é que essa recessão seja em “V”, ou seja, a atividade econômica deverá cair fortemente mas, depois, voltará de uma forma muito forte também. “Com a demanda reprimida, você pode até voltar no nível anterior”, comentou ele.

Por isso, é fundamental sanear a parte financeira da empresa, neste momento. Não só para manter uma operação enxuta, porém eficiente, mas também para aproveitar a retomada depois.

O advogado recomendou entrar em acordo com os credores, mas que, se não houver entendimento, o empreendedor não deve ter medo de entrar na Justiça. “A Justiça do Estado de São Paulo, inclusive, tem dado ganho de causa a diversas empresas, para que sejam adequados seus contratos ou até encerrá-los”, exemplificou.

Os principais contratos que estão atingindo os empresários são os de trabalho, os de prestadores de serviços, de aluguel e, ainda, os de prestações de serviços essenciais, como água e luz.

“Já existe uma determinação de que esses serviços básicos não podem ser cortados durante a crise. Então, se o empresário não conseguir pagar, não vai deixar de operar por causa disso”, ressaltou o especialista.

Negociação busca “equilíbrio econômico”

Aos empresários, de forma geral, Emanuel Pessoa aconselhou não esperar por medidas do governo para auxiliar, sobretudo, pequenas e médias empresas, e sim tomar algumas atitudes, como orientar os funcionários a trabalhar no sistema de home office ou, mesmo, fazer a suspensão do contrato de trabalho.

No entender do especialista, esta situação vai passar. Esse é outro motivo para não ter medo de pedir renegociação contratual neste momento. “Todos os seus credores têm um alinhamento com você nos seus interesses. Você tem interesse, enquanto empresário, na sobrevivência do seu negócio, e os seus credores têm interesse em que você consiga pagar”, avaliou, destacando que este é “um momento de cooperação”.

O especialista deu, ainda, um passo a passo para fazer uma negociação. “Quando você aprende isso, o processo se torna um fluxo e o resultado é sempre positivo”, assegurou ele, destacando que os pontos mais importantes são:

  • Averiguar os interesses envolvidos;
  • Verificar a comunicação que existe entre elas;
  • Fechar um compromisso

Mas o principal ponto de uma negociação, mesmo, é o “equilíbrio econômico”, o que significa que “alguém vai ganhar X e alguém vai gastar Y”, disse ele. “Readequar é restabelecer o equilíbrio financeiro”, frisou.

“É o que está acontecendo agora, por exemplo, com estabelecimentos comerciais cujos donos seguem pagando aluguel de seus pontos, mesmo que o comércio esteja fechado”, exemplificou. “Ele não tem mais o movimento que tinha, e é por isso que a maioria dos donos de imóveis está entrando em acordo com os inquilinos para mudar o aluguel.”

Cadastre-se e não perca nenhum conteúdo do Resilientes Summit

Com três lives diárias, o Resilientes Summit traz especialistas de diferentes áreas, falando sobre Home Office, Educação e Reinvenção do Negócio, entre outros temas.

Para ter acesso a todas as aulas em PDF e também aos vídeos completos das discussões, clique aqui para se cadastrar no maior movimento ONLINE e GRATUITO para ajudar você a se reorganizar e fazer o Brasil crescer de dentro da sua casa.

Ao fazer isso, você poderá se cadastrar também no grupo exclusivo do Resilientes Summit no Telegram. Lá, além de receber todas as informações sobre este movimento, você será presenteado com o best seller de Bruno Pinheiro Empreenda Sem Fronteiras, no formato PDF.

Comece a usar a hashtag #EuFaçoOBrasilCrescer, porque você é a única pessoa capaz de fazer isso. E junte-se ao movimento da Be Academy pela capacitação de pessoas para atuar em 40 profissões da Nova Economia, em um portal com cursos dados por líderes da Nova Economia.

Assista abaixo ao conteúdo completo desta aula:

Não pare por ai!
Veja mais