No e-commerce, não adianta usar uma só estratégia para alcançar resultados, diz o especialista Bruno Oliveira

Especialista em e-commerce, Bruno Oliveira participou da Maratona do Digital, dentro do Resilientes Summit, movimento online e gratuito promovido pela Be Academy para reinventar seu negócio e adaptar-se à nova realidade

POR TARCISIO ALVES
JORNALISTA E COPYWRITER

Logo no início da pandemia de coronavírus, as vendas pela internet mais do que dobraram no Brasil. Um sintoma de que, como costuma dizer Bruno Pinheiro, CEO da Be Academy, se quiser ser relevante no mercado, qualquer negócio precisa caber em um smartphone.

Para falar sobre o poder do e-commerce, sobretudo neste momento, Pinheiro convidou o especialista Bruno Oliveira, uma das maiores autoridades do segmento no Brasil, para participar do Resilientes Summit — o maior movimento online e gratuito para reinventar seu negócio e readaptar-se à nova realidade.

Para ele, o momento é bastante desafiador. “O que eu tinha para falar três semanas atrás não adianta mais hoje”, afirmou, referindo-se à complexidade da crise gerada pela COVID-19. E foi além: “Não adianta usar uma só estratégia e achar que ela vai dar resultado”, disse ele, esclarecendo que é preciso investir em publicidade, mecanismos de busca e até influenciadores. 

“Levar visitantes para sua loja depende exclusivamente de você”, afirmou Oliveira, destacando que o principal desafio que os comerciantes enfrentam ao migrar do modelo de negócio físico para o online é mental, já que existem várias diferenças, como a não necessidade de ter um ponto comercial bem localizado ou montar uma vitrine campeã. “No e-commerce, isso não adianta nada se você não divulgar sua loja”, frisou.

A propósito disso, Bruno Oliveira comentou que o e-commerce tem muitas diferenças em relação ao comércio tradicional — a questão do estoque talvez seja a mais nevrálgica. “Não adianta pegar toda a estrutura que você tem no físico e levar para o online. Você precisa de poucos produtos, pesquisar os concorrentes e fazer também uma nova pesquisa de preços”, resumiu. “É um outro negócio.”

As etapas para montar um e-commerce

De acordo com Bruno Oliveira, o ideal é que o comerciante siga um passo a passo para iniciar seu negócio virtual. “O ideal é pegar poucos produtos e testar”, afirmou. Com isso, continuou ele, em poucos dias é possível ter muitos dados para analisar a partir dos canais de vendas. E tomar decisões.

Assim, o comerciante deve “escolher” um produto campeão (que, na verdade, será escolhido pelo público, com base na demanda). “É um produto que gera volume, mas não tem margem de lucro. Serve só para você adquirir clientes”, explicou.

Paralelamente, recomendou Bruno Oliveira, você deve manter na prateleira virtual um produto que não gera volume de vendas, e sim um boa margem de lucro. “Aí, você usar esse produto para aumentar a LTV (valor do ciclo de vida, em português)”, explanou. “A ideia é que o cliente que comprou o produto que não tem margem passe a comprar o outro produto.”

Em seguida, Bruno Oliveira deu um passo a passo que reúne as etapas de abertura de um e-commerce:

1 – Faça um planejamento, levando em consideração uma pesquisa inicial dos produtos que vai colocar à venda;

2 – Pesquise os concorrentes;

3 – Faça uma pesquisa de preço;

4 – Pesquisa a audiência também.

O objetivo é que, com isso, você construa uma estrutura mínima viável de negócio, que permita a você vender, colocando seu catálogo de produtos na internet, conectar-se com meios de pagamento e logística, gerar tráfego para a loja e atrair clientes. “Uma plataforma bem simples, como uma loja integrada, serve para essa finalidade”, reforçou.

Cadastre-se e não perca nenhum conteúdo do Resilientes Summit

Com três lives diárias, o Resilientes Summit traz especialistas de diferentes áreas, falando sobre Home Office, Educação e Reinvenção do Negócio, entre outros temas.

Para ter acesso a todas as aulas em PDF e também aos vídeos completos das discussões, clique aqui para se cadastrar no maior movimento ONLINE e GRATUITO para ajudar você a se reorganizar e fazer o Brasil crescer de dentro da sua casa.

Ao fazer isso, você poderá se cadastrar também no grupo exclusivo do Resilientes Summit no Telegram. Lá, além de receber todas as informações sobre este movimento, você será presenteado com o best seller de Bruno Pinheiro Empreenda Sem Fronteiras, no formato PDF.

Comece a usar a hashtag #EuFaçoOBrasilCrescer, porque você é a única pessoa capaz de fazer isso. E junte-se ao movimento da Be Academy pela capacitação de pessoas para atuar em 40 profissões da Nova Economia, em um portal com cursos dados por líderes da Nova Economia.

Assista abaixo ao conteúdo completo desta aula:

Não pare por ai!
Veja mais

Como vender mais online?

Amure Pinho, presidente da ABStartups, desvenda o segredo por trás do crescimento exponencial das startups e explica qual é o desafio que toda empresa precisa vencer para vender mais online.

Quer vender mais? Pense com uma startup

Se você não se adaptar às novas formas de consumo, ficará cada vez mais difícil atrair clientes e vender POR BRUNO PINHEIROCEO – BE ACADEMY