“O mundo não acabou; ele parou para abastecer e, para reiniciar, depende de você”, diz o empreendedor Geraldo Rufino

Fundador da JR Diesel participou da Maratona dos Resilientes, dentro do Resilientes Summit, maior movimento online e gratuito para reinventar seu negócio e readaptar-se à nova realidade, organizado pela Be Academy

POR TARCISIO ALVES
JORNALISTA E COPYWRITER

Geraldo Rufino iniciou sua vida profissional trabalhando como catador de lixo reciclável. Depois de montar alguns negócios e quebrar algumas vezes, voltou às suas origens e fundou a primeira e maior empresa de reciclagem de peças de caminhões do Brasil e da América Latina, a JR Diesel. 

Empreendedor, trabalhador incansável e otimista incorrigível, Geraldo Rufino escreveu dois livros que são autorreferentes, de acordo com duas fases de sua vida: O Catador de Sonhos, que faz alusão ao que ele chama de seu primeiro negócio (catar latinhas) e O Poder da Positividade, este mais conectado com seu atual momento. 

“Eu já passei por seis crises e fiquei sem dinheiro. Essa é um resumo simplificado das outras e, também, a crise menos complicada que já enfrentei”, disse ele na live em que participou como convidado de Bruno Pinheiro na Maratona dos Resilientes, dentro do Resilientes Summit — o maior movimento online e gratuito para reinventar seu negócio e readaptar-se à nova realidade, organizado pela Be Academy.

Na opinião de Rufino, as crises anteriores tinham uma concorrência muito grande. “Você vacilava e era engolido”, comentou ele, ressaltando que “nesta crise estão todos solidários”. Assim, quem está devendo e quem tem a receber estão no mesmo barco. “Nós estamos aprendendo, na nossa essência, a ‘re-humanizar’.”

Conselhos valiosos para enfrentar a crise

Um conselho interessante dado pelo empreendedor é que “agora você tem que fazer networking dentro de casa”. “Seus melhores mentores estão na sua casa”, reforçou.

Por isso mesmo, na visão dele, o mais importante é aproveitar essa fase para crescer como ser humano. “Primeiro, precisa cuidar do ser para, depois, por consequência, voltar a ter”, disse ele, complementando que a primeira preocupação deve ser “cuidar do time, se preocupar com quem cuida do negócio e proteger as pessoas”.

Para Geraldo Rufino, “agora é hora de ter humildade e começar de novo”. Isso inclui reduzir custos e deixar somente o mínimo para a operação da empresa, como internet, luz e água. “O mundo não acabou; ele parou para abastecer e, para reiniciar, depende de você”, resumiu, deixando um questionamento:  “O que você pode fazer para melhorar a vida das pessoas agora?”

Cadastre-se e não perca nenhum conteúdo do Resilientes Summit

Com três lives diárias, o Resilientes Summit traz especialistas de diferentes áreas, falando sobre Home Office, Educação e Reinvenção do Negócio, entre outros temas.

Para ter acesso a todas as aulas em PDF e também aos vídeos completos das discussões, clique aqui para se cadastrar no maior movimento ONLINE e GRATUITO para ajudar você a se reorganizar e fazer o Brasil crescer de dentro da sua casa.

Ao fazer isso, você poderá se cadastrar também no grupo exclusivo do Resilientes Summit no Telegram. Lá, além de receber todas as informações sobre este movimento, você será presenteado com o best seller de Bruno Pinheiro Empreenda Sem Fronteiras, no formato PDF.

Comece a usar a hashtag #EuFaçoOBrasilCrescer, porque você é a única pessoa capaz de fazer isso. E junte-se ao movimento da Be Academy pela capacitação de pessoas para atuar em 40 profissões da Nova Economia, em um portal com cursos dados por líderes da Nova Economia.

Assista abaixo ao conteúdo completo desta aula:

Não pare por ai!
Veja mais